sexta-feira, 16 de maio de 2008

Propagandas demoradas TV.

Propagandas demoradas.

Gostaria de sugerir referente às programações de TV e emissoras de radio, que fosse proibida as propaganda que ultrapassa 30 / segundos, e que no mínimo com um intervalo de tempo de 2 horas, para a próxima apresentação e que também não pudessem coincidir com outras emissoras de radio e TV.com a mesma programação. Não dando oportunidades para os telespectadores de ter uma opção de escolha para se livrarem destes tipos de programação chatas, demoradas, de péssimo gosto, cansativas, repetitivas, com o mesmo assunto e informações, querendo fazer uma higiene mental e força as pessoas em geral para gravar a imagens e a marca de seus produtos e serviços.

Que já não basta a programação das emissoras ser de péssimo mal gosto repetindo varias vezes as mesmas programações, noticiários e informações, ainda ter que agüentar estas propagandas e programas religiosos de pastores querendo fazer uma higiene mental dos seus colaboradores e fiéis que deveriam ser somente oferecido estas palestras religiosas para os seus fiéis em locais fechados e com imenso controle acústicos para não incomodar as outras pessoas, de terem o direito de não precisar ouvir e ter que assistir estas palestras nas maioria dos canais de Tv. E emissoras de radio, que já se tornaram comum nos horários da madrugada, em também já estão com quase todos os outros horários diário, noturno. Pensando que com isto irão conquistar mais colaboradores fiéis para alcançar seus objetivos comerciais.

E também os programas políticos que não respeitam as leis e nem a população mesmo fora dos períodos das eleições dão sossego as ouvidos dos poucos que ligam a TV e o Radio, para ouvir as suas mensagem já muito martelas e cansativas e sempre com as mesmas ladainhas que todo mundo já sabe de cor que não convencem ninguém e muito menos conseguem aumentar a audiência e o números de seus eleitores. Não perceberam ainda que as pessoas mudaram, que somente a políticos ainda não perceberam que esta na hora de se fazer uma reforma e acabar com a obrigatoriedade do voto, que somente podem votar pessoas com no mínimo o segundo grau de estudo, porque para se saber escolher os seus representantes, também deverá no mínimo ter um pouco de estudo, conhecimento político, estar atualizado com as leis e acompanhar os desempenhos e capacidade dos seus representantes, de ter conhecimento e fazer leis e aprovar projetos com programas que vá diretamente beneficiar o povo e o país e na sua economia interna e externa etc.

De que adianta a TV digital com estas mesmas programações repetitivas e chatas, que vai adiantar imagem em alta definição se teremos que assistir políticos, pastores e propagandas com os mesmo conteúdos?.

Sugestão pegar imagens e programação dos outros paises dos 5 continentes, através de imagens dos satélites direcionado para os satélites do Brasil, com transmissão iguais a teve a cabo, mas com a programação gratuitas. Com se fosse as transmissões através de antenas parabólicas internacionais.

Assim teríamos muitas opções de programas de outros paises 24 horas por dia. E não dependeríamos das programações somente brasileiras.

Nenhum comentário: